Festival taurino em Santo António das Areias.


O empresário Vasco Pombeiro, acaba de anunciar o cartel completo para o tradicional festival taurino de Santo António das Areias, que terá lugar no próximo dia 24 de Abril, pelas 17 horas. Em praça estarão os cavaleiros António Ribeiro Telles, João Paulo, Sónia Matias, Ribeiro Telles Bastos, Duarte Pinto e ainda o amador Rui Guerra, que prestará prova de cavaleiro praticante.
Nas pegas estarão em competição os Amadores de Portalegre, Monforte e Bencatel, que irão disputar o Troféu Casa do Povo. Quanto aos preços para este festival, serão a partir de 10 euros.

Toureio no feminino.

video

Sporting Clube de Portugal


Esta época, curiosamente depois de José Eduardo Bettencourt ter folgadamente ganho as eleições para a Presidência, o futebol do Sporting está um caos. De um Presidente desbocado e que diariamente utilizava uma linguagem que, durante décadas,  ninguém pensava sequer poder ser ouvida em Alvalade (quem é que alguma vez falou de "anormais", "cagança" e "terrorismo"?) passámos para um Presidente (felizmente) silenciado. Antes disso, muitas demissões (Miguel Ribeiro Telles, Rita Figueira, Pedro Barbosa, etc).
Logo depois uma leve esperança de que algo pudesse mudar com um novo director desportivo. Pura ilusão...
Como um disparate nunca vem só, e para mal do nossos pecados, ademais depois da expectativa inicial de alguns relativamente à sua performance, surge agora um "Ministro" (Costinha), transformado em "senhor todo poderoso" do clube, mas com iguais características a nível da verborreia.
Arre que a coisa pega-se! Ou seja, o disparate continua. E como estes maus exemplos têm geralmente seguidores, agora é comum ver-se na Academia durante os treinosda equipa funcionários da empresa de Jorge Mendes, manda-se paracasa um jogador  ( um grande profissional como Izmailov) porque este se queixa que tem dores e por, alegadamente, se recusar a jogar mais "infiltrado" (desde quando é que esta prática é usada no Sporting?), trocam-se três vezes por anos as funções do team manager(Salema Garção), despede-se o director de comunicação, e tudo fica na mesma.
Na mesma, não... pior, porque no meio de toda esta confusão, o Sporting é 4º classificado, foi eliminado de todas as restantes competições, gastou fortunas para contratar um "flop" futebolístico (Sinama -Pongolle), os jogadores que contratou no Inverno não puderam, na sua maioria, dar contributo na Liga Europa e, na Direcção do Sporting, tudo se passa como se nada tivesse acontecido, agora com a promessa de que "pró ano é que é!".
Triste Sporting este que nada tem a ver com o clube que aprendi a amar!

E o grande vencedor das eleições do PSD foi...

Os cartéis para Madrid 2010.


FERIA DE LA COMUNIDAD DE MADRID

- Viernes 30 de abril. Novillos de Pedraza de Yeltes para José Manuel Mas, Adrián de Torres y Juan del Álamo.

- Sábado 1 de mayo. Toros de Adelaida Rodríguez para Eduardo Gallo, Iván Fandiño y David Mora.

- Domingo 2 de mayo. Goyesca. Toros de Carmen Segovia para José Luis Moreno, Diego Urdiales y Sergio Aguilar.

FERIA DE SAN ISIDRO

- Jueves 6 de mayo. Toros de Salvador Domecq para Curro Díaz, Juan Bautista yEduardo Gallo.

- Viernes 7 de mayo. Toros de José Luis Pereda para Leandro, Iván Fandiño yMorenito de Aranda.

- Sábado 8 de mayo. Toros de Antonio Bañuelos para Uceda Leal, El Capea yJavier Cortés (confirmación de alternativa).

- Domingo 9 de mayo. Toros Dolores Aguirre para Rafaelillo, Joselillo y Fernando Cruz.

- Lunes 10 de mayo. Novillos de Carmen Segovia para Thomas Jouber, Juan del Álamo y Miguel de Pablo.

- Martes 11 de mayo. Toros de Martelilla para Miguel Abellán, César Jiménez yArturo Macías (confirmación de alternativa).

- Miércoles 12 de mayo. Toros de Luis Terrón para Rui Fernandes, Andy Cartagenay Leonardo Hernández.

- Jueves 13 de mayo. Toros de Parladé para Diego Urdiales, Matías Tejela y José Manuel Más (alternativa).

- Viernes 14 de mayo. Toros de Alcurrucén para Uceda Leal, El Cid y Miguel Tendero.

- Sábado 15 de mayo. Toros de Garcigrande para El Juli, Sebastián Castella yDaniel Luque.

- Domingo 16 de mayo. Toros de Los Bayones para Gabriel Picazo, Emilio de Justoe Israel Lancho.

- Lunes 17 de mayo. Novillos de Moreno Silva para Paco Chaves, Miguel Hidalgo yAntonio Rosales.

- Martes 18 de mayo. Toros de Puerto San Lorenzo para El Cid, Sebastián Castellay Rubén Pinar.

- Miércoles 19 de mayo. Un toro de Luis Terrón para rejones y seis de Núñez del Cuvillo para Moura hijo, José María Manzanares, Miguel Ángel Perera yAlejandro Talavante.

- Jueves 20 de mayo. Toros Baltasar Ibán para Eugenio de Mora, Serafín Marín yLuis Bolívar.

- Viernes 21 de mayo. Toros de Juan Pedro Domecq para Julio Aparicio, Morante de la Puebla y José María Manzanares.

- Sábado 22 de mayo. Toros de Flores Tassara para Sergio Vegas, Diego Ventura yÁlvaro Montes.

- Domingo 23 de mayo. Toros Cuadri para López Chaves, David Mora y Salvador Cortés.

- Lunes 24 de mayo. Novillos de Guadaira para Luis Miguel Casares, Arturo Saldívar y Cristian Escribano.

- Martes 25 de mayo. Corrida de la Prensa. Toros de distintas ganaderías para El Juli, Miguel Ángel Perera y Cayetano.

- Miércoles 26 de mayo. Toros de Samuel Flores para Juan José Padilla, Luis Miguel Encabo e Iván García.

- Jueves 27 de mayo. Toros Javier Pérez Tabernero para El Fundi, Sergio Aguilary Luis Bolívar.

- Viernes 28 de mayo. Toros de Palha para Fernando Robleño, Jesus Millán y Francisco Javier Corpas.

- Sábado 29 de mayo. Toros de Adolfo Martín para El Fundi, Javier Valverde y Rafaelillo.

- Domingo 30 de mayo. Toros de Los Espartales para Sergio Galán, Diego Venturay Leonardo Hernández.

FERIA DEL ANIVERSARIO

- Lunes 31 de mayo. Toros de Valdefresno para Diego Urdiales, Miguel Tendero yRubén Pinar.

- Martes 1 de junio. Toros de El Cortijillo para Miguel Abellán, Juan Bautista yArturo Macías.

- Miércoles 2 de junio. Beneficencia. Toros de Núñez del Cuvillo para Morante de la Puebla, Cayetano y Daniel Luque.

- Jueves 3 de junio. Toros Victoriano del Río para El Fundi, José Tomás ySebastián Castella.

- Viernes 4 de junio. Toros de La Palmosilla para Julio Aparicio, El Fandi y Matías Tejela.

- Sábado 5 de junio. Toros de Vellosino para Juan Mora, Javier Conde y Curro Díaz.

- Domingo 6 de junio. Toros de Fermín Bohórquez para Andy Cartagena, Diego Ventura y Manuel Lupi (confirmación).

- Sábado 12 de junio. Toros de El Ventorrillo para Manolo Sánchez, José Tomás yAlejandro Talavante.

Manuel Fernandes Tomás ia aos touros todos os Domingos.

Uma das primeiras querelas entre defensores e adversários da Festa de toiros em Portugal travou-se nas Cortes, no ano de 1821. O caso foi objecto de investigação da historiadora Odete Gonçalves, que a publicou no nº 64 da revista «História» (Março de 2004).
Tudo começou a 4 de Agosto, quando o deputado Manuel Borges Carneiro apresentou ao Congresso uma moção «para se mandar extinguir o uso de combater os touros». Quem era Borges Carneiro? Nascido em 1774, juiz desembargador de carreira, distinguira-se como membro do Sinédrio, a associação paramaçónica do Porto que esteve na origem da Revolução Liberal de 1821. Entendia Borges Carneiro que juntamente com o Estado absolutista deveriam cair tradições como as touradas, cujo carácter popular chocava com o espírito «iluminado» do tempo. Como salientava na sua moção, «há outras classes de espectáculos mais acomodáveis às luzes da época como a música, os jogos, etc., e não martirizar [sic] estes animais que a Divindade deu somente aos homens para se servirem deles».
A questão dividiu as Cortes, com uns deputados a manifestarem-se contra a proposta e outros a favor. Porém, num ponto todos estavam de acordo: a proibição do espectáculo taurino seria uma medida extremamente impopular. O deputado Bettencourt, por exemplo, lembrava que já o governo anterior manobrara nesse sentido, «mas nunca pôde conseguir que deixasse de haver corridas de touros ». De resto, era um espectáculo que «à primeira vista parece bárbaro [mas] tem não sei quê de heróico». Mais claro, o deputado Santos requeria: «devemos conservar este espectáculo que é propriamente nacional e que por mais bárbaro que pareça, não contribui pouco para inspirar a emulação da glória, e fortalecer o ânimo em vez de afeminá-lo».
Mas a argumentação de maior peso parece ter cabido ao deputado Manuel Fernandes Tomás, outro destacado protagonista da Revolução Liberal, a quem se devem as bases da Constituição de 1822. «Eu o declaro publicamente, sou amigo deste divertimento: não é por ser valoroso, nem deixar de o ser (…) senão porque fui criado com isso», explica Fernandes Tomás, que era natural da Figueira da Foz. «Na teoria sou dos mesmos sentimentos filantrópicos; mas na prática não posso. Confesso a minha fraqueza: vou ver os touros todos os domingos». A moção acabou por ser rejeitada, com 43 votos contra e 30 a favor. Manuel Fernandes Tomás continuou a ir aos touros todos os domingos. (Imagem: M.F.Tomás, por Veloso Salgado)

Domingo de Páscoa em Alpalhão.

Feira de Sevilha 2010.






- Viernes 9 de Abril. Novillos de Espartaco para Luis Miguel Casares, Cristian Escribano y Esaú Fernández

- Sábado 10 de Abril. Toros de José Luis Pereda para Salvador Vega, Miguel Ángel Delgado y Miguel Tendero.

- Domingo 11 de Abril. Toros de Fermín Bohórquez para Fermín Bohórquez, Hermoso de Mendoza y Diego Ventura.

- Lunes 12 de Abril. Toros de Conde de la Maza para Diego Urdiales, Oliva Soto y Antonio Nazaré.

- Martes 13 de Abril. Toros de Palha para Serafín Marín, Arturo Macías e Iván Fandiño

- Miércoles 14 de Abril. Toros de El Torreón para Antonio Barrera, Salvador Cortés y Luis Bolívar.

- Jueves 15 de Abril. Toros de Victorino Martín para Antonio Ferrera, El Cid y César Jiménez.

- Viernes 16 de Abril. Toros de El Ventorrillo para El Juli, Sebastián Castella y Miguel Ángel Perera.

- Sábado 17 de Abril. Toros de Gavira para Morante de la Puebla, Alejandro Talavante y Daniel Luque.

- Domingo 18 de Abril. Toros de El Pilar para El Cid, Sebastián Castella y José María Manzanares.

- Lunes 19 de Abril. Toros de Jandilla para Julio Aparicio, Morante de la Puebla y Cayetano.

- Martes 20 de Abril. Toros de Torrealta para El Juli, José María Manzanares y Daniel Luque.

- Miércoles 21. Toros del Puerto de San Lorenzo para Enrique Ponce, El Cid y Alejandro Talavante

- Jueves 22. Toros de Alcurrucén para Curro Díaz, Matías Tejela y Rubén Pinar.

- Viernes 23. Toros de Fuente Ymbro para Miguel Ángel Perera y Daniel Luque, mano a mano.

- Sábado 24. Toros de Torrestrella para El Cordobés, Rivera Ordóñez y El Fandi.

- Domingo 25. Toros de Murube para Antonio Domecq, Rui Fernandes, Andy Cartagena, Álvaro Montes, Sergio Galán y Leonardo Hernández.

- Domingo 25. Toros de Miura para El Fundi, Juan José Padilla y Rafaelillo.

Cobardia ou o uso do lápis vermelho da censura.

 
O MEDO DEPENDE DA IMAGINAÇÃO E DA COBARDIA DO CARÁCTER -concluiu Joseph Joubert, moralista francês amigo de Diderot.

Pensar e ter coragem são arenitos muito pesados para a mente dos cobardes que se escondem atrás de tudo.

Os cobardes têm medo de assumir as suas atitudes e até mesmo as incapacidades pessoais que lhes atribuem o estatuto de ninguém.

Eles alimentam-se para a vida do nada que é a cobardia de injuriar e difamar furtivamente e com a anopsia do servilismo dos que vivem de joelhos.

Os cobardes são considerados os mais baixos seres humanos por aqueles que lhes ordenam odiar quem defende e luta pela libertação e dignificação de todas as pessoas.

Foi da cobardia pulha e velhaca dos cobardes manifestados que nasceu este não-poema de um não-poeta que assina esta "obra" com o seu nome... 
 


                     MANIFESTO PRÓ-COBARDIA DOS COBARDES

Os cobardes aos "homens de túberas" metem nojo e dó
quando querem parecer poetinhas dos tempos da vovó
e são apenas o odor pestilento das tretas e do encomendado trolaró.

Os cobardes pensam como as galinhas, culturalmente
e alimentam-se do que esgravatam nas esterqueiras, socialmente.

Os cobardes andam, falam e escrevem aos ziguezagues
afirmam agora e quando lhes "apertam os calos" logo se desdizem
agitam-se, vão da direita prá esquerda, agacham-se, mentem e vociferam
e no fim querem sair limpos, tidos por amigos, formidáveis e bons rapazes.

Os cobardes têm a alma dos velhacos que evoluem para baixo
e crescem com a inteligência do cáften à procura de tacho.

Na minha terra sempre houve homens e mulheres de coragem
gente ignorada e ocultada para só "eles" serem senhores e heróis;
agora estão a aparecer uns cobardes pasteis de merda com label dos urinóis
gadelhas, bibis, porcos, sujos e feios de terrantês sacanagem.

Os cobardes usam as armas dos "falinhas mansas" e são cuspo da hipocrisia
servilismo e obediência cega aos politiquinhos e oportunistas da "família".

Os cobardes não têm ideias nem argumentos para serem protagonistas
e são reaccionários ao protagonismo dos outros
atacando-os como panfletários fascistas!

Os cobardes são os demagogos mais tristes das cafurnas dos morcegos
e são convivas asquerosos de vermes, fantasmas e labregos
que de dia vivem escondidos debaixo da terra
e á noite, a coberto da escuridão, saem para fazer a sua berra.

Os cobardes são a vergonha do pai e da mãe
não têm rosto nem nome
não são pseudónimos, heterónimos, nem um pronome
são os anónimos de ninguém que nunca terão coragem para ser Alguém!

Os cobardes servem-se do nome dos mortos
e na sociedade dos humanos têm os olhos tortos
são uma subespécie dos antropomorfos.

Também há aquele tipo escabroso de cobardes
que têm os seus poltrãos, apaniguados e sequazes
que os aplaudem e divulgam como um coro de incapazes
e ainda lhes dão rasgados elogios da cultura dos alarves.

Os cobardes são umas criaturinhas no seu mundo azul-cinzento e banal
e sentem que têm "hombridade" a usar cuequinhas e pijamas de "lingerie"
mas quando abrem a boca exalam um pestilento cheiro de animal
dos mais nojentos e asquerosos que há por aí...

Há cobardes que preferem "fazer amor" com corpos de borracha insufláveis
porque a usar tais "fêmeas" pensam que dominam as mulheres
e sonham-se na cama uns "misteres"
os narcisistas mais belos, atraentes e amáveis.

Os cobardes vaidosos gostam muito de se brunir
nas lamas dos chiqueiros mais porcos
onde felizes, cantando e rindo nunca se cansam de grunhir
"Somos umas fezes, uns caganeiros, uns desprezíveis porcos!".

Há cobardes desde crianças treinadas para delatores, bufos, pombos-correios
vestidos de anjinhos de procissão, "uns amores", bestas, tão porreiros...

Há cobardes monopes que insultam, mordem e "beijam" a delirar
como se a vida fosse um fado trinado à guitarra;
eles ainda não aprenderam que a Liberdade e a Coragem são para respeitar
e que a Poesia não é arena para exibir o "boi da cambada" que nos marra...

Quem não conhece um ou outro cobarde
que demonstra a sua cobardia
fugindo ao confronto com a sua identidade
o seu verbo, a sua presença e espírito de Democracia?

Embrulhem nos manifestos da mediocridade baixa e casem os zés-cobardes
com o seu cortejo de "paus de dois bicos", mandrongas e mordazes!

Dos cobardes é a terra dos parolos e o mundo-cão dos incapazes!

E no fim da festa das bestialidades, baixezas e bebedeiras
caganifâncias e jactâncias
boçalidades e reles brincadeiras...
deixem os viperinos "caga-na-saquinha" dar peidos de pim, pam, pum
esses cobardes servos dos mafiosos que tentam achincalhar todos e cada um
a juntar outros aos desvios sexuais das suas ruíns e eróticas sujeiras!

Os cobardes não são mais do que ignaras escorrências da nata das etares
mesmo os que andam a pedir perdão aos homens, santas e santos dos altares.

A "coragem" dos cobardes é defender a sua imagem de grande produto final
de uma terra inculta e das mais atrasadas de Portugal!


MARQUES PEREIRA
Prozelo, Abr/02

Dia do Pai.



Nódoa.


É internacional este alemão nascido em Hirschau em 1969. Supostamente está na calha para ascender aos mais altos voos da arbitragem internacional, ele que tem quase 2 metros de altura. Mas a verdade é que o germânico e a sua equipa, num total de 6 olhos, não conseguiram(?) ver o inacreditável penalty cometido pelo defesa do Atlético de Madrid sobre Carlos Saleiro o qual, uma vez convertido, traçaria o destino da eliminatória a favor do Sporting. Uma nódoa na carreira do árbitro...

Olivença é nossa!!!

Este penta não soube tão bem.


O Futebol Clube do Porto foi internado de urgência após violento embate contra o Arsenal. O clube sofreu cinco golos, várias feridas no orgulho e encontra-se ainda em estado de choque, tendo abandonado o relvado com o rabinho entre as pernas mas ainda dentro dos calções. Jesualdo Ferreira aguarda o resultado das intervenções delicadas que visam reconstruir o FCP, e admite alguns erros. “Pensávamos que Pinto da Costa tinha apalavrado a coisa nos leilões de árbitros a que costuma ir, mas pelos vistos a fruta não chegou”, declarou o treinador Os adeptos não param de enviar flores, cartões de melhoras e corações de lisboetas para animar o clube durante a recuperação, mas alguns temem que para a próxima seja pior, já que à meia-dúzia costuma ser mais barato.

Rui Costa pôs Jorge Jesus a orientar a festa de aniversário do Benfica.


Depois de conduzir o Benfica até ao primeiro lugar na tabela e Di Maria até aos 40 milhões no mercado, Jorge Jesus foi ontem o organizador da festa de aniversário do clube da Luz. Com 106 primaveras por festejar, o Sport Lisboa e Benfica aproveitou os dotes de Jorge Jesus na organização de equipas para coordenar e comandar as operações de aniversário. “A gente temos um aniversário para cumprir. Não vai ser fáciles. Não vai ser canjas. Mas a gente ‘tamos preparados para assoprar aquelas velas como o Carlos Martins assopra no balão numa operação STOP” disse Jesus enquanto organizava o losango de empregados para as mesas. Jorge Jesus, que obriga os cozinheiros a saltitar enquanto esperam que o micro-ondas aqueça o prato, já disse que não quer sofrer mais de 7 reclamações até ao fim do jantar. A própria marca de 106 anos tem um significado especial no Benfica de hoje em dia. 106 é não só o número de penaltis falhados por Cardozo como o número de auto-golos que se espera que David Luiz marque ainda esta época.